Sobre

Miriam Fatima Bratfisch Santiago

Nome Artístico : Miriam Bratfisch Santiago

 

 

Natural de Sorocaba, SP, mora e trabalha em São Paulo.

Pós graduada em Práticas Artísticas Contemporâneas pela FAAP (2018), começou sua formação livre em artes visuais frequentando ateliês de artistas e fazendo parte de grupos de estudo, produção e acompanhamento de projetos como o Hermes Artes Visuais. Tem trabalhos em acervos públicos como a Secretaria de Cultura de São Bernardo do Campo, a UFF de Niterói e a Secretaria de Cultura de Praia Grande. Participou de exposições em museus, galerias e espaços independentes sendo as principais individuais: Repensar O Fato Como Se Estivesse Nele, Espaço de Fotografia da UFF de Niterói (2017), Rew<<>>Fwd, Projeto Qualcasa do Hermes Artes Visuais, (2016), e as coletivas: Romper a Superfície é Abrir um Rio Pra Dentro, Hermes Artes Visuais, (2022), Tudo de Novo vira Começo, Espaço Expositivo Vera (2021), Se Todas as Rosas Desaparecessem, New Gallery, (2021), 6º Salão De Arte Contemporânea de Guarulhos (2020), Salão Nacional de Arte sobre Papel (online, 2020), Anatomia de uma Convivência, Galeria Rabieh (2019), No Primeiro Dia, No Nono Andar, Galeria Lamb (2019), O Presente do Passado é a Memória, Ocupação Arpa (2018) , XXV Salão Curitibano de Artes Visuais (2018), É Um Solo Que Os Outros Acompanham, MAB-FAAP (2018), 48º e 49º Anual de Arte FAAP (2016 e 2017), 15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos (2016). Obteve os prêmios Bolsa de Estudos na 48o Anual da FAAP (2106), Premio Aquisição no 23º Salão de Arte da Praia Grande (2016), Prêmio Exposição Coletiva no 15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos,(2016) , 1º Premio Exposição Individual no 7º Salão de Arte Contemporânea de São Bernardo do Campo, e1º Premio Aquisição no mesmo salão (1996 ).Participou das Residência Vera, (2021), Hermes Artes Visuais no Kaysàa (2019) e Desenhando em Paris, (2014) com Solange Hopen.